DIA DOS PAIS
Neste Dia dos Pais, queremos homenagear todas as figuras de inspiração que temos dentro e fora de casa.

No Dia dos Pais, são várias as pessoas que merecem nosso abraço e agradecimento. A figura paterna é aquela de quem cuida, está presente, ama e educa. Por isso, há muito tempo, comemora-se o Dia dos Pais, e sua origem tem algumas diferentes versões.

Uma delas conta que a comemoração brasileira se inspirou na norte-americana, em que uma associação de comerciantes de roupas masculinas de Nova Iorque fez uma parceria com uma indústria de cartões comemorativos. O acordo aconteceu durante um período chamado a Grande Depressão – quando a economia mundial teve uma fase bastante ruim. A parceria dos comerciantes teria como objetivo aumentar a venda de gravatas e cartões.

Além disso, há também a história da americana Sonora Louise Smart Dodd, que, em 1909, ajudava em uma comemoração do Dia das Mães quando teve a ideia de dedicar um dia somente para os pais. A mãe de Sonora faleceu quando ela ainda era criança, e seu pai criou não apenas ela, mas também seus cinco irmãos.

Sonora mobilizou campanhas para a criação do Dia dos Pais e ganhou o apoio de entidades religiosas. Em 19 de junho de 1910, foi comemorado o primeiro Dia dos Pais – e, aos poucos, a tradição foi se espalhando pelo país.

No entanto, a oficialização só aconteceu em 1972, quando o presidente Richard Nixon instaurou a data para ser celebrada anualmente no país. Em 1974, Sonora recebeu uma homenagem por sua contribuição.

Apesar das divergências a respeito da origem da data, hoje homenageamos a figura de quem nos ama, cuida e educa. Geralmente, a figura paterna também serve de inspiração – não são poucas as crianças que olham para seus pais como se eles fossem super-heróis! Admirar as figuras paternas nos auxilia na construção de referenciais para o resto da vida.

Muitas vezes, essas pessoas são referência até mesmo na escolha da nossa profissão, quando acontece de pais e filhos terem talentos em comum. É o caso do aluno Júlio César, do CEMEB Professor Florestan Fernandes, de Itapevi, São Paulo. Junto com seu pai, que é eletricista, ele construiu uma pequena hidrelétrica e a apresentou no “Dia da Família”, promovido pelo 3.º ano, após o Desafio 2 – Em sala de aula.

Um belo exemplo de aprendizado, envolvimento da família e contribuição para um mundo melhor, concorda? Um feliz dia a essas pessoas que nos inspiram! :)