DESCUBRA COMO GASTAMOS ÁGUA E ENERGIA ELÉTRICA MESMO SEM SABER
Não é só quando abrimos a torneira ou ligamos a TV que gastamos energia elétrica e água. Isso é apenas uma parte bem pequena do consumo desses recursos no mundo todo. E o restante? É o que chamamos de consumo indireto. Já ouviu falar?

Pode não ser tão fácil assim identificar o consumo indireto de recursos como água e energia elétrica justamente por ser algo que não percebemos diretamente. Agora, quando paramos para pensar em quanta energia elétrica e água foram consumidas para produzir um caderno, uma caneta ou uma roupa começamos a olhar de forma diferente para as possibilidades de consumo desses recursos.

Uma caneta, por exemplo. Você tem ideia do que é necessário para produzi-la? Água para a fabricação, energia elétrica para iluminar o local de produção, os equipamentos e máquinas de produção, os carros e caminhões que a transportam, as luzes que iluminam a loja para a qual a caneta é vendida... E por aí vai. Mesmo que a gente não participe diretamente da produção desses objetos, ao comprá-los, estamos contribuindo para o gasto de toda a água e energia elétrica utilizadas na sua fabricação.

Há várias maneiras de representar o consumo indireto. Contudo, é um desafio, por ser um caminho longo, amplo e nem sempre percebido nas escolhas que fazemos diariamente. Justamente por isso é que devemos redobrar a atenção e ter atitudes que promovam o consumo consciente. Quer ver como? Confira a nossa lista com dicas simples, mas importantes:

- Procure comprar apenas aquilo que você precisa. Para isso, tenha certeza de que não há outra opção além da compra.

- Só compre um novo objeto quando o antigo realmente não puder mais ser usado. Assim, você evita a substituição de coisas antes da hora e o consumo desnecessário.

- Na hora de comprar alimentos, dê preferência àqueles que vêm apenas com uma embalagem (alguns têm papelão, plástico, bandeja plástica, etc.)

- Aproveite todos os alimentos, evitando o desperdício.

- Priorize o consumo de produtos locais àqueles de outras cidades, estados ou países, evitando o consumo de recursos e a emissão de gases poluentes durante o transporte. Além disso, você contribui com os produtores e comerciantes do seu entorno.

Gostou de saber a diferença entre consumo direto e indireto? Agora conte para nós: o que você costuma fazer para evitar os gastos indiretos com água e energia elétrica? ;)

 

Fonte: Guia dos Curiosos / UOL
http://guiadoscuriosos.uol.com.br/categorias/4912/1/quanta-agua-e-gasta.html